sexta-feira, 10 de abril de 2015

Prosseguir com cautela: pode levar a ouvir os outros.

OUVIR. Esse enorme verbo que quase todos queremos que façam por nós, que quase ninguém atenta no seu significado e que poucos usamos com verdadeiro empenho. 

Hoje em dia falta ouvir. Falta prestar atenção ao que o outro diz. Falta parar (mesmo) e escutar atentamente o que a pessoa à nossa frente nos quer transmitir, contar, passar, ensinar... Ouvir sem atropelar porque não concordamos, porque nos ocorreu outra história parecida, porque julgamos e temos de o manifestar, porque nos lembramos de algo e esquecemo-nos se não contarmos imediatamente... Se estivéssemos mesmo a prestar atenção ao que está a ser dito não nos ocorriam tantos motivos para interromper. Quando nos preparamos para falar a seguir ao outro e estamos, ansiosamente, à espera que o outro respire para termos uma brecha para começarmos a falar: não estamos a ouvir uma única palavra....

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Vou ali comprar 2 quilos de felicidade

Então parece que estamos na Primavera! Tempo em que nos chove em cima enquanto cheira à nostalgia dos tempos quentes. Esta fase deixa as pessoas confortavelmente molengas, em simultâneo com uma agitação típica de quem quer começar a aproveitar a vida, a sério. No fundo, sou suspeita, gosto das estações todas e sou um bocado como o António Variações. Quando está calor, apetecem-me os casacos e o frio no nariz e quando está frio só gostava de me esparramar ao sol. No entanto, esta altura tem um ponto perfeito, que junta o melhor dos dois mundos...